8 maneiras de proteger naturalmente sua ereção

8 maneiras de proteger naturalmente sua ereção

Embora a maioria das pessoas associe a disfunção erétil (DE) com a idade, sua capacidade de desenvolver e manter uma ereção é determinada por uma ampla gama de fatores.

Estes incluem sua dieta, seu peso e percentual de gordura corporal, sua pressão arterial, os níveis de hormônios sexuais masculinos e até mesmo os níveis de estresse que você sente em seu trabalho, vida pessoal e estilo de vida em geral.

Felizmente, a maioria desses fatores está completamente sob seu controle, permitindo que você tome medidas para proteger sua ereção e evitar a disfunção erétil sem necessariamente ter que usar medicação.

Abaixo, listamos oito maneiras para você melhorar naturalmente suas ereções, evitar disfunção erétil e aproveitar uma vida sexual mais livre de estresse. Todos são fáceis de implementar e se alinham bem com um estilo de vida saudável, fazendo com que valham a pena priorizar antes de tentar a medicação ED.

Mantenha seu peso corporal na faixa saudável
Estar acima do peso ou obeso pode afetar negativamente sua capacidade de desenvolver e manter uma ereção normal durante o sexo. Isso ocorre porque a obesidade está intimamente correlacionada com sérios problemas de saúde, como diabetes, que podem danificar os nervos ao redor do pênis e prevenir as ereções.

A disfunção erétil causada pela diabetes é particularmente preocupante, pois os tratamentos comuns para disfunção erétil, como o Viagra e o Cialis, muitas vezes não são totalmente eficazes. De fato, um estudo de 1999 mostra que apenas 56% dos homens com disfunção erétil induzida por diabetes tiveram melhorias com o Viagra.

A melhor solução é prestar atenção ao seu peso e tentar manter o nível saudável para o seu tipo de corpo. Como um peso corporal saudável também é importante para a saúde geral, manter seu peso corporal é algo que vale a pena, mesmo que você não sofra de disfunção erétil.

Fique em cima da sua pressão arterial
A hipertensão arterial está intimamente ligada à disfunção erétil, possivelmente por causa dos efeitos negativos que ela pode ter na saúde de seus vasos sanguíneos.

Embora não haja necessidade de ficar obcecado com a pressão arterial, é importante que seja verificado a cada poucos meses. Se a sua pressão arterial está fora do intervalo normal, você deve considerar conversar com seu médico sobre as opções de tratamento.

A pressão sanguínea moderadamente alta (como a pressão arterial na faixa de ‘pré-hipertensão’) pode ser diminuída com algumas pequenas mudanças na sua dieta e estilo de vida. Existem também numerosos medicamentos que podem reduzir sua pressão arterial e melhorar sua saúde arterial.

Comer uma dieta rica em frutas, legumes e alimentos nutritivos
As ereções dependem de um fluxo sangüíneo forte e confiável. Por causa disso, os mesmos alimentos que podem entupir suas artérias e danificar seu coração também podem ter um impacto negativo na qualidade de suas ereções.

De fato, existe uma correlação tão próxima entre a disfunção erétil e a saúde do coração que a DE é comumente vista pelos profissionais médicos como um sinal potencial de doença cardíaca.

Na maior parte, os mesmos alimentos que causam doenças cardíacas também podem contribuir para problemas com ereções. Refeições gordurosas, açucaradas e altamente calóricas, como hambúrgueres, pizza e frango frito, devem ser evitadas ou consumidas com moderação se você estiver preocupado com a disfunção erétil.

Também é importante comer alimentos saudáveis ​​e nutritivos. Um estudo de 2010 mostra que a dieta mediterrânea, que é rica em grãos integrais, peixe, frutas, nozes e vegetais, mas pobre em carne vermelha está ligada a uma menor taxa de incidência de disfunção erétil em homens.

Adicione exercícios aeróbicos à sua rotina diária
O exercício aeróbico, como correr, pedalar, remar ou praticar a maioria dos esportes, melhora a saúde do coração e pode reduzir os efeitos da disfunção erétil.

Um artigo de 2011 no Ethiopian Journal of Health Science curou evidências de cinco estudos sobre exercícios aeróbicos e ED. Os autores descobriram que os estudos mostraram uma melhoria clara nos sintomas da disfunção erétil à medida que os homens se exercitavam, particularmente a longo prazo.

O artigo concluiu que o treinamento aeróbico ‘pode ​​tratar com sucesso a disfunção erétil em pacientes selecionados com disfunção erétil arteriogênica’ – uma forma de disfunção erétil causada pelo suprimento de sangue arterial pobre.

Felizmente, não há necessidade de gastar horas do seu dia fazendo exercícios para reduzir o risco de desenvolver disfunção erétil. Para a maioria dos homens, uma sessão de 15 a 60 minutos de exercício cardiovascular de intensidade moderada (por exemplo, correr ou caminhar em um declive) é suficiente para melhorar a saúde do seu coração.

Leia também: Estimulante sexual masculino qual é o melhor

Verifique se há testosterona abaixo do normal
Baixos níveis de testosterona podem causar disfunção erétil. Isso ocorre porque a testosterona é um dos principais hormônios envolvidos na regulação do impulso sexual masculino. Menos testosterona geralmente significa menor interesse por sexo, bem como ereções mais fracas e menos consistentes.

Os níveis de testosterona flutuam naturalmente com base em uma variedade de fatores, desde sua dieta e nível de atividade até seus hábitos de sono. Eles também diminuem com a idade, com alguns estudos mostrando uma redução progressiva nos níveis séricos de testosterona à medida que os homens envelhecem.

Outros sintomas de baixa testosterona incluem letargia, falta de impulso mental, perda de massa muscular, ganho de gordura ao redor do abdômen e uma falta geral de interesse em atividades sexuais.

5 remédios naturais para disfunção erétil

5 remédios naturais para disfunção erétil

Hábitos e alguns aditivos próximos podem ajudá-lo com um problema mais comum do que você pensa.

A disfunção erétil, erroneamente chamada impotência, é uma realidade mais do que comum e tratável. Qualquer alteração que afete o fluxo de sangue, por exemplo, pode ser uma razão para a disfunção erétil.

Agora que mais e mais esse fenômeno deixa o tribunal tabu para se tornar um mal aceito como comum, muitas vezes causado pelo estresse urbano (ao qual a maioria de nós está exposta) se espalhou muito mais informações que podem ajudá-lo.

Às vezes os remédios estão mais próximos do que parecem, porque nossos hábitos determinam muito a saúde que é desfrutada. Como exemplo, no caso da longevidade, apenas um quarto depende da informação genética de cada um e do resto dos hábitos e contexto. Portanto, a solução para muitas doenças é muitas vezes na prevenção (com hábitos), ou uma vez que você já sofre de uma doença, também pode ser melhorada com a formação de hábitos.

Nós apresentamos-lhe alguns remédios naturais para tratar a disfunção erétil que irá ajudá-lo altamente:

Ginseng Vermelho: uma dose entre 600 e 900 mg três vezes ao dia é mais um grande incentivo, de acordo com pelo menos sete estudos que comprovaram a eficácia desta espécie, utilizada até como substituto do viagra.

Desfrute de uma dieta mediterrânica: frutas, legumes, massas, azeite, vinho, pimentos, legumes, etc. A variedade de alimentos mediterrâneos é boa para problemas cardiovasculares e, de acordo com alguns especialistas, até 80% dos casos de disfunção erétil estão relacionados a problemas cardiovasculares, e o primeiro é, na verdade, um sintoma. Além disso, se você fortalecer seu coração, é provável que você também fortaleça seu sistema reprodutivo.

Acupuntura: um estudo publicado em 2003 mostra como 21% dos participantes aumentaram substancialmente suas ereções. Em um estudo anterior de 1997, até 39% dos participantes tiveram aumento.

Arginina: o fluxo correto de sangue é muito importante para o ato sexual, e um aminoácido essencial para a primeira coisa a acontecer é a arginina, que é encontrada em alimentos como soja, arroz integral, frango, nozes e laticínios. . No entanto, também é vendido como fitoterapeuta.

Medite: o estresse não é um bom conselheiro para o desejo ou concentração sexual. Meditar é muito importante para que você respire a mente e, com ela, todo o organismo, lembre-se de que tudo está unido.

7 ervas e alimentos sagrados para aumentar seu apetite sexual
Há uma série de alimentos pouco conhecidos e ervas que estimulam a libido e a produção de hormônios, otimizando o equilíbrio do corpo.

5 DE JUNHO DE 2018 EM
325
AÇÕES
Facebook
Twitter
Google
Mail
Ter um apetite sexual é sinônimo de saúde. Se o seu apetite sexual é forte e receptivo, então, em termos gerais, é provável que você tenha uma boa condição hormonal.

Avaliar os níveis de libido é uma maneira fácil de avaliar a saúde e o funcionamento geral do corpo, de acordo com a revista Conscious Lifestyle.

O erotismo é algo que todos os seres humanos procuram em algum momento; Faz parte da poesia da vida, e é esse jogo inteligente que leva a alcançar graus incomuns de desejo.

Com uma vida urbana generalizada e o estresse que a acompanha, sua libido pode ser muito esquecida. Se você quer aumentar ou equilibrar seus hormônios e, portanto, seu apetite sexual, você vai querer fazê-lo de forma segura e natural.

Uma maneira é suprir seu corpo com matérias-primas baseadas em alimentos, para produzir hormônios e aumentar o desempenho e o apetite sexual. Outra maneira é tomando ervas especiais que regulam e equilibram o sistema endócrino.

Várias destas ervas para o apetite sexual são medicamentos e alimentos sagrados. Eles têm poderosas propriedades curativas que tornam a tríade mente-corpo-espírito mais equilibrada e harmoniosa.

Leia também: Remédio para impotência

Portanto, eles devem ser tratados com respeito, e você tem que saber que eles podem ter efeitos adicionais além do aumento da libido ou do apetite sexual.

Mucuna pruriens ou grão de veludo
alimento-ervas-plantas para-impulsionar-apetite-sexual

De acordo com a tradição herbal chinesa, esta erva melhora o ying porque tem propriedades que aumentam o apetite sexual, o que significa que é nutritivo nos níveis mais fundamentais para o corpo. Acredita-se que o ying está se esgotando à medida que envelhecemos e através da atividade sexual, então plantas como Mucuna, que agem para reabastecê-lo e melhorar o desempenho sexual, são apreciadas em muitas tradições herbais.

Shilajit
alimento-ervas-plantas para-impulsionar-apetite-sexual

Shilajit é traduzido vagamente como ‘essência vital ou energia’

Fonte: https://www.valpopular.com/remedio-para-impotencia/

5 remédios naturais para a impotência: não perca a esperança!

5 remédios naturais para a impotência: não perca a esperança!

Remédios naturais para a impotência – Dr. Axe
A impotência, também chamada disfunção erétil (DE), pode ser um problema muito frustrante. Alguns homens são capazes de conseguir uma ereção, mas não conseguem manter uma. Outros não são capazes de conseguir um. As causas da impotência podem ser fisiológicas (afetando principalmente o corpo e os órgãos) ou psicológicas (afetando a mente). Felizmente, existem remédios naturais para a impotência que você pode tentar.

Leia também: Viagra Natural

Se a impotência afeta você ou alguém que você ama, não perca a esperança. Você pode estar sofrendo de um problema médico ou emocional que está causando baixa libido ou impotência – possivelmente interferindo na sua confiança e relacionamento – mas a boa notícia é que existem remédios naturais eficazes para a impotência que podem ajudar a reverter esse problema na maioria dos homens. Cerca de 70% dos casos de disfunção erétil são resolvidos com remédios naturais para impotência que podem ajudar a restaurar a saúde sexual.

Se você está pronto para começar a ver melhorias, pense em experimentar alguns dos remédios naturais para impotência explicados abaixo. Esses remédios incluem comer uma dieta anti-inflamatória, fazer mais exercícios, usar óleos essenciais e outros suplementos e, claro, controlar o estresse.

O que é impotência?
A impotência, ou disfunção erétil (DE), é a incapacidade de um homem sustentar uma ereção por tempo suficiente para uma relação sexual satisfatória e normal. Para entender as causas subjacentes da impotência, é útil conhecer os conceitos básicos sobre como a ereção se desenvolve, juntamente com possíveis problemas que entram no caminho. As ereções começam no cérebro com um pensamento relacionado ao desejo sexual. Então uma mensagem química viaja do cérebro para o pênis. O fluxo sanguíneo para o pênis aumenta à medida que os vasos sangüíneos que levam ao sistema reprodutivo relaxam e permitem o aumento da circulação.

O sangue fica basicamente “preso” dentro do pênis. Isso leva a ficar ereto. Para que tudo isso aconteça de maneira apropriada, e para o homem manter sua ereção, não deve haver nenhum problema a partir do pensamento no cérebro, da mensagem enviada aos vasos sanguíneos e do pênis e do fluxo sangüíneo.

Quão comum é a impotência? De acordo com os resultados de vários estudos, incluindo “The Massachusetts Male Aging Study”, a prevalência geral para homens entre 40 e 70 anos é de cerca de 52% (ou cerca de 30% de todos os homens entre 18 e 60 anos). É isso mesmo – quase metade dos homens com mais de 40 anos apresentam sintomas de disfunção erétil em algum momento. Não surpreendentemente, a pesquisa demonstra que a impotência é cada vez mais prevalente com a idade. Cerca de 40 por cento dos homens na faixa dos 40 anos apresentam disfunção sexual. Até 70 por cento dos homens em seus 70 anos de experiência ED. (1) Todos os anos, mais de 617.000 novos casos de impotência ocorrem apenas nos Estados Unidos.

Em comparação com a impotência, o que é “disfunção erétil” exatamente? E quanto a ‘disfunção sexual’?

A disfunção erétil (DE) é comumente chamada de impotência. Os dois são essencialmente a mesma coisa e ambos envolvem problemas para manter uma ereção normal, sem dor.
Você só poderá ser diagnosticado com disfunção erétil ou tratado para a condição se os sintomas durarem mais de algumas semanas. Devido a coisas como estresse e consumo ocasional de álcool ou fadiga, quase todo homem experimenta algum tipo de sintomas de disfunção erétil de vez em quando.
A ejaculação precoce é outro tipo comum de disfunção sexual em que a ejaculação acontece mais cedo do que o homem gostaria ou pretende. Isso pode contribuir para a dificuldade com o parceiro do homem alcançar um orgasmo, constrangimento e outros sentimentos relacionados à ansiedade ou à vergonha do desempenho.
Sintomas de disfunção erétil e causas
Sinais e sintomas de impotência (DE) podem incluir:

Incapacidade de ter ou manter uma ereção
Desejo sexual abaixado
Problemas com a ejaculação normal
Dificuldade em ter um orgasmo
Ereções dolorosas ou dor durante o sexo (especialmente se você tem uma condição que afeta o fluxo sanguíneo)
Às vezes, problemas de relacionamento também são um resultado secundário da disfunção sexual. O parceiro do homem pode começar a se preocupar que ele não é mais atraído por ela. A infidelidade pode ser suspeitada, ou a falta de desejo sexual pode causar separação emocional.
O que causa a impotência e quais são alguns dos principais fatores de risco?

Segundo a Cleveland Clinic, “como a disfunção erétil é causada por um conjunto complexo de fatores psicossociais, neurológicos e vasculares, uma causa específica em um paciente pode permanecer ambígua”. As causas profundas estão frequentemente relacionadas a um bloqueio ou disfunção dos vasos sangüíneos. . Por exemplo, ED pode ser devido a condições como aterosclerose ou diabetes, desequilíbrios hormonais ou problemas relacionados à saúde mental. Verificou-se que as causas comuns incluem tipicamente um ou mais dos seguintes fatores: (2)

Idoso. O risco de um homem aumenta após os 40 anos, pois a idade é a variável mais fortemente associada

Gel para tratar impotência: saiba mais

Gel para tratar impotência: saiba mais

Já ouviu falar em gel para impotência sexual? Basta aplicá-lo diretamente no pênis, que suas propriedades podem te ajudar a ter uma ereção mais forte e longa. Conheça mais sobre este produto no texto que preparamos especialmente para você.

Saiba mais: Prime Male preço

A impotência sexual masculina
Gel para a impotênica
Como o gel para impotência funciona?
Prosolution Gel
Consulte um profissional
Por ser uma disfunção comum entre os homens, é possível encontrar diferentes produtos para a impotência sexual masculina. No entanto, o gel para impotência está sendo usado cada vez mais, e recebendo ótimos comentários. Para saber mais sobre este gel, confira o texto abaixo.

A impotência sexual masculina
A disfunção erétil é uma condição sexual em que o homem não consegue ter uma ereção, ou não consegue mantê-la por muito tempo, causando muitas frustrações em sua vida sexual, além de problemas de confiança e autoestima. No entanto, muitos homens se esquecem que a impotência sexual é algo muito comum. Isso significa que, por diversos motivos, quase todo homem terá algum problema deste tipo em alguma fase de sua vida.

Na verdade, a impotência pode ser uma disfunção muito complexa, visto que a excitação sexual dos homens envolve várias partes do corpo, incluindo os músculos, vasos sanguíneos, cérebro, sistema nervoso, hormônios e até mesmo as emoções. Um só problema com alguma parte do corpo – ou mente – pode causar problemas em todas as outras, podendo ocasionar assim a impotência sexual.

Gel para a impotênica
No mercado internacional há uma grande variedade de produtos para disfunção erétil, desde comprimidos, até bombas penianas, extensores e sprays. Em especial, o uso de gel para impotência tem crescido cada vez mais entre os homens brasileiros, visto que muitos consideram a forma mais rápida e eficiente de se conseguir uma ereção forte e duradoura.

As propriedades do gel podem agir em poucos minutos, ou seja, pode ser realmente uma opção mais rápida do que o uso de comprimidos e bombas penianas, que são mais recomendamos pelos benefícios a longo prazo que oferecem para o tratamento da impotência sexual masculina.

Não é necessário uma preparação prévia, basta massagear o gel no seu pênis para ter uma experiência sexual mais intensa.

Como o gel para impotência funciona?
O gel age por meio do aumento do óxido nítrico quando o produto é aplicado diretamente no pênis, massageando suavemente. Dessa forma, você poderá ter uma ereção de forma mais rápida, e mais prolongada.

Quando combinados, seus ingredientes podem estimular a circulação sanguínea no pênis, melhorando assim o desempenho sexual, aumentando a confiança e permitindo dar e receber orgasmos mais intensos. Tal fórmula foi desenvolvida para dilatar os vasos sanguíneos (vasodilatação), ajudando a aumentar também a quantidade de sangue que circula no pênis.

Quando o gel é composto de ingredientes de boa qualidade, e nas proporções certas, ele pode ser muito eficiente em qualquer situação. Os componentes mais benéficos são aqueles que são naturais e não contêm qualquer químico que pode prejudicar a saúde do homem que o usa.

Prosolution Gel
Extremamente popular, o prosolution Gel é um tratamento para ajudar a melhorar o desempenho sexual masculino feito a partir unicamente de ingredientes naturais*. Este recurso tem sido usado por milhares de homens que apresentam problemas frequentes em suas ereções. A Marabou Ltd., empresa que produz o prosolution Gel, criou o produto com o objetivo de obter uma ação diferenciada em relação aos comprimidos prosolution. Este gel pode apresentar resultados em pouco minutos*, enquanto as pílulas levam um pouco mais de tempo para funcionar. Além disso, ele pode ser utilizado juntamente com preservativos de borracha ou látex, te proporcionando assim mais prazer e satisfação sexual*.

Consulte um profissional
Buscar ajuda profissional é fundamental. Sempre aconselhamos consultar o médico sobre qualquer decisão que tomar visando tratar a disfunção erétil. O melhor profissional de saúde para casos de impotência sexual é o urologista, com certeza ele te ajudará a compreender a causa da disfunção, e a tratá-la de forma segura e eficiente. Caso queira saber mais sobre os produtos para disfunção erétil disponíveis na ShytoBuy, contate nossa Equipe de Apoio ao Cliente.

6 coisas que você não sabe sobre o pênis

Mais de três bilhões deles estão à procura do planeta. Eles estão lá, muito próximos, todos parecidos, mas todos diferentes … Porque as mulheres finalmente não observam tanto pênis em suas vidas, porque quando se deparam elas mesmas estão muito ocupadas, o falo permanece parcialmente desconhecido. A prova em dez revelações sensacionais!

1) O tamanho dos dedos indica seu tamanho
O nariz, os pés, os lóbulos da orelha? Muitas meninas acreditam que têm algo a adivinhar sobre o tamanho do pênis em toda a glória. Mas apenas o trabalho do geneticista suíço-suíço Denis Duboule explorou seriamente a questão. Esse pesquisador não passou um duplo decimetro na mão, mas descobriu o papel do mesmo gene , chamado HOX, no desenvolvimento do pênis e dos dedos. De acordo com suas descobertas, um sujeito de dedos grandes provavelmente terá um pênis grande. Única reserva: as preocupações de pesquisa de Denis Duboule … o rato, não o humano. Mas podemos extrapolar!

2) Ele precisa de exercício para ficar em forma O
homem, à noite, tem ereções . Não só porque ele sonha com você nua na praia … relacionados ao sono REM, essas ereções são involuntário e inconsciente, ocorrem a cada 85 minutos , aproximadamente, e duram cerca de 25 minutos , para um total de uma hora de noite bandaison inexplorado . Para que eles são? Para manter os circuitos do pênis. Um homem que, por razões fisiológicas, não tem ereções noturnas, pode eventualmente permanecer impotente, mesmo sob o Viagra : como uma esponja murchada, o corpo cavernoso dos alvéolos gradualmente perde sua capacidade de se encher sangue.

E se você quer dar uma turbinada no seu amiguinho nós aqui do site te apresentamos o melhor estimulante sexual do mercado, ele se chama Big Size.

3) Você não é o único a preferir ser circuncidado
De acordo com um estudo dos EUA, 89% das mulheres preferem pênis circuncidados ao pênis cheio. O teste consistiu em enviar fotos de homens nus para centenas de estudantes e perguntar quem eles acharam fofo. O prepúcio, a pele cuja natureza dotou o homem para cobrir sua glande em repouso, ainda seria feia? Talvez …

4) Na verdade, quase nunca está certo
Em 2005 foi publicado na Martiens Editors um fascinante trabalho fotográfico intitulado Penis Atlas . Seu princípio: expor uma centena de pênis em close-up e luz plena, em repouso, em seguida, em ereção, na escala de 1 em 1. Seu objetivo: “Para louvar um orgulho do pênis construtivo, não um orgulho de esmagamento, dramatizando as perguntas que os homens perguntam sobre o tamanho ou a forma de seu sexo “, de acordo com os autores. Sua principal descoberta: apenas 10% dos pênis eretos vão diretamente, afligidos com uma partida oblíqua ou uma curvatura no caminho.

5) Pode quebrar
Não, não há osso nele, mas ainda, sim, um pênis ereto pode quebrar no corpo cavernoso durante um coito. As duas circunstâncias mais freqüentes são a má angulação da penetração (foi-lhe dito que abandone o carrinho de mão Bearnaise) e o passo em falso: o homem se retira um pouco demais durante a ida e volta, zap a entrada da vagina para o próximo derrame renal e quebra com força total onde ela falha. Esta fratura, muito dolorosa, deve ser reparada com urgência por cirurgia, de modo a não comprometer as futuras ereções do pênis em dor.

6) É muito sensível ao freio
O freio é a membrana, localizada na parte de trás da glande, que a conecta ao prepúcio. O freio tem duas características: a) pode quebrar se for puxado com muita força, o que faz com que o pênis tenha uma hemorragia profunda, mas não cause danos sérios; b) é provavelmente a área mais sensível de todo o sexo masculino. Um fellatrice consciencioso terá, portanto, de insistir nisso, desde que fique suave, entretanto … pela razão a) mencionada acima.

Como definir sobrepeso e obesidade no sexo

Primeiro de tudo, é aconselhável definir o excesso de peso, porque tudo para sua própria definição. Aqui vou propor descrever quando os efeitos na saúde são sentidos e especialmente na sua ereção.

Quando falamos sobre excesso de peso ou obesidade, falamos de um certo nível de sobrepeso. Quanto maior, maior o risco para a saúde .

Neste artigo, eu não falaria sobre IMC (Índice de Massa Corporal ou Índice de Doutores Crassos ). Na verdade, não leva em conta a massa óssea ou a massa muscular. Eu tenho uma história muito engraçada sobre isso.

Um amigo, ao passar por um exame médico para um certificado esportivo em competição, entra na balança a pedido do médico. Eu não tenho os números em mente, mas, basicamente, o médico começa a calcular seu IMC e recebe algo como 28. Ele disse: “Senhor, você está acima do peso, perderia peso imperativamente” o mesmo amigo que nós tinha dito a anedota um pouco sobre os nervos … E para o registro, este amigo, era (e ainda é) um grande entusiasta de esportes, com uma dieta muito estrita. Até o momento ele estava na balança, o cara estava mostrando abs pads e um nível de gordura, provavelmente, menos de 10%.

Em suma, esta pequena história para dizer que devemos manter um olhar crítico sobre o IMC.

Para retornar à nossa definição de excesso de peso, o indicador confiável será sua gordura corporal . Você precisará apontar para uma taxa abaixo de 14% e, idealmente, abaixo de 12%.

Como medir sua gordura corporal

Existem muitas maneiras, mas nenhuma terá 100% de confiabilidade. Será necessário escolher UM modo de medição, assim você sempre terá o mesmo ponto de comparação e poderá medir precisamente seus resultados (apesar da não precisão da medição).

O alicate de pele:

Eu coloquei primeiro, mas seria a última escolha. O princípio é simplesmente medir a espessura de suas pequenas contas na cintura. E usando uma tabela de conversão ou uma fórmula adequada, você obtém um teor de gordura.

O método é muito preciso, mas desde que seja realizado perfeitamente e os critérios para o fazer sejam numerosos:

  • A escolha do grampo (existem muitos modelos)
  • A fórmula correta (sim, terá que passar por uma pequena etapa de cálculo)
  • A zona de medição
  • Leitura correta da braçadeira

Medidor de impedância de equilíbrio:

Não irei longe demais sobre o assunto, porque esse método é bem conhecido e esse tipo de equilíbrio é cada vez mais democratizado.

Atenção mesmo assim, alguns pontos a ter em conta:

  • Verifique a qualidade do seu material (essas balanças geralmente não são precisas, mas algumas são complementares ao lado da placa).
  • Pesava você sempre nas mesmas condições (mesmo dia, mesma hora e mesma condição, atenção, por exemplo, se você apenas come ou não, bebe muito ou não, pratica esportes, …). Seja linear …
  • Conheça o estimulante chamado Tauron.

Medição da cintura (ou uso de fórmula usando-o, como o método YMCA):

Note que a circunferência da cintura é um valor muito significativo, ele vai dar, por si só, um vislumbre do seu nível de gordura corporal.

Por exemplo, para uma pessoa se colocar no esporte (esporte de resistência, como musculação) e iniciar uma dieta simultaneamente, o peso não será muito significativo para medir a perda de gordura, porque você corre o risco de ganhar músculo durante o mesmo período.

Sua imagem no espelho:

Pode parecer um pouco “barulhento”, mas esse método é tão eficaz quanto simples. Desde que você tenha uma pequena perspectiva sobre sua própria imagem.

As imagens serão mais eficazes do que a fala longa, aqui estão alguns exemplos de porcentagem de gordura:

Ainda há muitos outros métodos que você achará fáceis de encontrar com uma pequena pesquisa no Google. No entanto, penso que as 4 opções propostas acima parecem-me bastante suficientes.

Para mim, o método que eu prefiro é o simples olhar no espelho, mas você precisa de factuais, uma pequena fita métrica deve fazer o truque.

Sexo: por que os homens dão menos detalhes que as mulheres?

O médico sexólogo Damien Mascret explica por que os homens são mais desinibidos em sua abordagem ao sexo sem ousar entrar em detalhes.

Assim que eles se aproximam do assunto, eles parecem muito confortáveis. Piadas, arrogância, até mesmo lista desinibida de suas últimas conquistas. Os homens parecem inesgotáveis ​​quando se trata de sexo . Sim, mas agora, quando se trata de expressar seus sentimentos , eles imediatamente se tornam menos faladores, se não completamente silenciosos. Uma declaração longe de surpreender o médico sexólogo Damien Mascret, autor do guia Dico da sua saúde (Ed Leduc.s, 17 €), segundo o qual o sexo está fortemente relacionado com o desempenho no sexo masculino. Portanto, abordar o tema através do prisma das emoções faz com que se sintam desconfortáveis. Pior, confessar um problema é percebido como um ataque à sua masculinidade – para quem a sexualidadeestá relacionado ao poder. Iluminação.

Lefigaro.fr/madame – Por que os homens não entram nos detalhes quando falam sobre sexo? 
Damien Mascret. Contanto que eles discutam isso em um tom humorístico ou se vanglorie, o assunto não está envolvido com eles. É uma maneira de colocar distância e não entrar em sua intimidade . Mas quando se trata de falar sobre si mesmo, se o assunto é sexual ou não, é muito mais difícil.

Por que essa diferença com as mulheres? 
É uma questão delicada. Os homens estão menos acostumados a falar sobre seus problemas, enquanto as mulheres tendem a compartilhar uns com os outros, seja qual for o assunto. Eles sofrem mais com os ditames do desempenho, especialmente em termos de sexo. Tudo o que pode ser percebido como uma preocupação é “demonizar” e ilustra uma admissão de fracasso. Eles também são mais vergonhosos. Além disso, aqueles que vêm ao aconselhamento geralmente já conversaram com seu melhor amigo, mas não com um homem.

Isso não é um problema?

É todo o paradoxo masculino! Os homens não têm nenhum ponto de comparação porque não conversam entre si e não conseguem avaliar sua normalidade. Exceto que o mito prevalente de que sua sexualidade é óbvia e fácil é completamente falso. Não é menos difícil que o das mulheres. Por exemplo, eles são tão perturbados por problemas de ereção ou variações em seu desejo .

Apimente sua vida sexual com o produto Macho Power.

Os homens costumam parar de falar sobre sua vida sexual para os outros assim que estão em um casal, como explicar isso? 
Porque existe uma espécie de sacralização do casal. Com um parceiro que passa, eles se sentem menos ligados à confidencialidade. Eles estão ainda mais inclinados a se gabar. A partir do momento em que o relacionamento é oficial, a mulher se torna uma mãe em potencial e o homem encerra seu relacionamento . Há, de fato, uma recusa em violar a privacidade do outro. Assim, eles também falam menos sobre seus sentimentos. Quando as coisas ficam sérias, tudo fica mais confidencial.

Eles também têm mais dificuldade em falar com o parceiro? 
Não a princípio. Em primeiro lugar, trocamos muito sobre seus gostos e desejos. Quanto mais durar o relacionamento, mais difícil será deixar o consenso adotado, pois muitos têm medo de atrapalhar o equilíbrio estabelecido.

Exercícios para aumentar o pênis

Exercícios para aumentar o pênis

Muitos homens estão insatisfeitos com o tamanho do seu pênis, e por isso é muito comum que eles fiquem em busca de exercícios para aumentar o pênis, pois existem alguns pequenos exercícios que podem ajudar a trazer excelentes resultados para que a pessoa consiga ter o aumento peniano.

Se você também deseja conhecer alguns exercícios para aumentar o pênis, esse artigo é para você, pois a seguir eu irei ensinar alguns excelentes exercícios e irei falar se eles realmente funcionam. Confira!

Jelqing
O jelqing consiste em uma técnica natural que ajuda no alongamento do pênis. O melhor é que com essa técnica você precisará usar apenas as suas mãos, assim não precisará gastar dinheiro comprando aparelhos.

É importante que as pessoas que desejam fazer o jelqing tenha calma e faça os movimentos corretamente, pois a técnica é indolor, no entanto, se feita de maneira errada poderá trazer graves consequências a pessoa.

Confira abaixo como fazer o jelqing:

Você deverá aquecer os tecidos do corpo do pênis para evitar lesões durante o exercício. Para isso é necessário que você tome um banho quente, depois aplique uma bolsa de água quente na região.
Depois você deve deixar o pênis ereto, mas não duro como no momento da penetração.
Aplique um lubrificante no pênis.
Segure na base do pênis usando o indicador e o polegar, fazendo com que seus dedos formem um “ok”.
Depois você deve apertar vagarosamente o corpo do seu pênis. Sua mão deverá ir até a glande, sem chegar na cabeça.
Repita o exercício por 20 vezes.
Você deverá fazer o exercício com frequência e os resultados começaram a aparecer em cerca de 1 ou 2 meses.

Massagem peniana
A massagem peniana também pode ajudar a aumentar o tamanho do pênis, pois ela ajuda a aumentar a circulação sanguínea e por isso pode ser um bom exercício para aumentar o pênis.

É importante que a pessoa que deseja fazer essa massagem tome cuidado na hora de fazer os movimentos, pois movimentos bruscos podem machucar o pênis, por isso eles devem ser leves e firmes para trazer os resultados desejados.

O ideal é que a massagem seja feita com uma mão, enquanto a outra deve estar segurando firme o pênis. Além do mais, a massagem não deve chegar a cabeça do pênis. Para que a massagem peniana possa fazer efeito a pessoa deverá fazê-la diariamente.

Leia também: Como aumentar o pênis de verdade

Mas os exercícios para aumentar o pênis funcionam de verdade?
Se você deseja começar a fazer exercícios para aumentar o pênis é preciso que você tenha em mente que eles podem sim trazer os resultados esperados, porém não existe nenhuma comprovação científica de que eles irão fazer com que o pênis aumente.

Muitas pessoas que fizeram essa massagem garantiram que conseguiram ter ótimos resultados quanto ao aumento do pênis, porém pode ser que nem todas consiga o resultado esperado.

Além do mais a pessoa só deve fazer exercícios para aumentar o pênis após consultar um urologista para que ele possa avaliar o quadro e dizer ou não se esses exercícios irão fazer mal ao homem.

As causas da impotência sexual masculina

As causas reconhecidas da impotência sexual masculina podem ser orgânicas, psicológicas ou mistas. O diagnóstico diferencial é, portanto, muito importante, uma vez que a exclusão de patologias orgânicas a priori (por exemplo, arteriosclerose, esclerose múltipla, etc.) pode ser perigosa. 


Quando se suspeita que a impotência financia suas causas em uma patologia neurológica, a integridade do sistema nervoso pode ser verificada medindo-se os potenciais evocados cortical e sacral. Para fazer isso, a pele do pênis é eletricamente estimulada e um eletrodo registra e avalia a reatividade do músculo bulbocavernoso;este exame mede o tempo entre a estimulação e a primeira resposta muscular. Um exame mais aprofundado para diferenciar. impotência orgânica do psicogênico é o monitoramento das ereções noturnas. O teste consiste em medir por três noites consecutivas de ereções durante o sono por meio de detectores de toque colocados na base e na ponta do pênis. Quando o pênis entra em ereção, o detector mede sua tumescência e rigidez.

A duração, a frequência e a intensidade das ereções noturnas variam com a idade, e é bom levar isso em conta para evitar experiências emocionais desagradáveis. Em um adolescente de 15 anos, na verdade, há em média 4 episódios de ereção noturna de cerca de 30 minutos por noite; um indivíduo de 70 anos experimenta apenas 2 ereções por noite e menor duração.

Saiba mais sobre o produto Destruidor de Ejaculação Precoce.

Causas orgânicas da disfunção erétil

Em relação às causas orgânicas, identificamos uma impotência sexual masculina de natureza arterial, que determina uma deficiência de preenchimento e uma natureza venosa, que se manifesta com um déficit de manutenção. No primeiro caso, a rigidez do pênis não é suficiente para permitir a penetração de (a pressão do sangue nas artérias cavernosas é demasiado baixa para ser capaz de relaxar completamente o corpo cavernoso), enquanto no segundo a ereção completa, se alcançou, irá desaparecer muito rapidamente. Dentro dos tratamentos disponíveis hoje é reminiscente das próteses penianas (estruturas mecânicos ou hidráulicos, que realizam um estado de ereção por encomenda, através de um dispositivo manual de cirurgia vascular), e o uso de substâncias vasoativas, o mais conhecido dos quais é a papaverina (Dèttore, 2001).

Em relação ao uso do Viagra (Sildenafil) e similares, constatou-se que a eficácia de um tratamento medicamentoso para a disfunção erétil varia de 44 a 91% e, apesar disso, há muitas interrupções do tratamento. Nesse sentido, investigou-se um método que associa um caminho de apoio psicológico ao tratamento puramente farmacológico. Os resultados do estudo indicaram uma eficácia muito maior do que o tratamento medicamentoso sozinho.

Causas comportamentais da disfunção erétil

L ‘  impotência sexual masculina também pode ser causada por maus hábitos de vida, tais como a falta de exercício, sono insuficiente, o tabagismo (levando à redução do fluxo sanguíneo nas artérias que fornecem sangue para os corpos cavernosos do pênis e uma deterioração trato respiratório) e abuso de álcool e drogas (Metz e McCarthy, 2004).

Fatores psicológicos na disfunção erétil

Há casos frequentes em que a ED tem uma ‘origem causal psicogênica, em que a alteração é de natureza psicológica, e, portanto, a responsabilidade dos processos cognitivos e emocionais que guiam a’ ereção .

Uma dessas alterações podem ser ligados a uma percepção negativa de seu corpo, o que pode gerar um forte sentimento de vergonha dado pela tendência a se sentir inútil e inadequada, em resposta ao sentimento de fracasso no cumprimento das normas culturais que se vive actualmente. 
Esse sentimento pode gerar excessiva atenção ansiosa ao corpo, o que pode afetar os processos de excitação fisiológica, resultando em um déficit erétil crônico.

Na verdade, sabe-se que a disfunção erétil é frequentemente associada, originado e mantidas por quotas elevadas de ansiedade e ninhada sobre o desempenho sexual, medo de fracassar, diminui o desempenho sexual e evitações de interacções sexuais gerando assim sentidos círculos viciosos disfuncional.

Disfunção erétil, as vezes é culpa do tabagismo

Os cigarros pioram a qualidade de vida, mesmo afetando negativamente o desempenho sexual.

Os cigarros pioram a qualidade de vida de muitas maneiras, afetando negativamente a atividade reprodutiva e o desempenho sexual.

Em ambos os sexos, fumar pode reduzir a fertilidade, mas em humanos, além de alterar a produção de espermatozoides, também pode comprometer os mecanismos fisiológicos responsáveis ​​pela ereção e, portanto, levar à disfunção erétil .

De fato, a ereção é essencialmente um aumento notável e rápido no fluxo de sangue dentro das artérias que compõem as principais estruturas anatômicas do pênis (corpo cavernoso e corpo esponjoso).

Esse influxo é permitido pela liberação das células musculares que cercam os vasos sanguíneos, induzidas pelos estímulos nervosos que acompanham a excitação sexual.

Uma vez atingido o nível máximo, o inchaço das estruturas arteriais, em seguida, faz com que uma compressão do órgão nas veias, o que impede que o sangue flua, garantindo assim a ereção continuada até à conclusão da atividade sexual.

As vezes é normal

A disfunção eréctil, no passado comummente “definido impotência“, é devido a uma interrupção na sequência de eventos, que envolve, por um lado, o sistema nervoso central e outras estruturas nervosas do músculo do pênis e vascular, porta e a elevação do órgão sexual masculino.

Um decréscimo transitório na eficiência desses mecanismos pode ser considerado um fenômeno normal, tão normal quanto sua redução na velhice. Se, pelo contrário, o distúrbio freqüentemente surge ou persiste em uma idade jovem, é atribuível a condições não fisiológicas.

Como a ereção é o resultado final de uma série de processos que são ativados dependendo uns dos outros, há muitos fatores que, ao intervir nas várias fases da sequência, são capazes de bloqueá-la.

Os possíveis réus

Para além dos factores que interferem com as componentes psicológicos e hormonais de excitação sexual, há algumas doenças sistémicas e alguns factores locais que danificam a inervação e vasculatura do pênis, tornando-se impossível alterações hemodinâmicas que produzem uma ereção. Estes podem essencialmente ser rastreados até seis grupos principais.

Causas psicológicas Ansiedade , depressão , problemas de relacionamento
Causas vasculares Hipertensão, aterosclerose , diabetes
Causas endócrinas Deficiência de testosterona, hiperprolactinemia, disfunção tireoidiana
Causas neurológicas Esclerose múltipla , doença de Parkinson , patologias ou traumas na coluna vertebral, trauma ou cirurgia pélvica (por exemplo na próstata ou bexiga)
Causas iatrogênicas(efeito colateral das terapias) Alguns sedativos, ansiolíticos , antidepressivos, anti- hipertensivos , antiinflamatórios, hormônios, radioterapia no nível dos testículos, etc.
Estilos de vida Fumar cigarros, abuso de álcool, uso de drogas

O papel indireto e direto dos cigarros

A relação entre tabagismo e disfunção erétil tem sido objeto de investigação há muito tempo. Por um lado, a pesquisa experimental já demonstrou amplamente os efeitos tóxicos da nicotina e de alguns outros compostos derivados da combustão do tabaco no tecido que reveste as paredes internas dos vasos sanguíneos (endotélio).

Conheça o Blog da cis, o blog perfeito para o homem moderno.

Por outro lado, estudos epidemiológicos têm mostrado repetidamente uma incidência desta maior desordem em fumantes habituais e ex-fumantes do que em não-fumantes. E, embora em menor escala, os não fumantes que estão constantemente expostos ao tabagismo passivo também correm o risco de desenvolver disfunção erétil.

Nos últimos anos, as investigações clínicas também procuraram esclarecer se a deficiência do pênis é simplesmente a consequência da aterosclerose induzida pelo fumo nos vasos sanguíneos em todo o corpo e, portanto, está associada a vários distúrbios cardiovasculares nos quais os fumantes podem incorrer, como a hipertensão. , isquemia miocárdica e acidente vascular cerebral , ou é devido a um efeito direto do tabagismo sobre o funcionamento dos mecanismos de ereção.

Esta última hipótese parece ser hoje a mais provável. Uma série de estudos epidemiológicos recentes realizados em diferentes populações (Estados Unidos, Itália, China, Austrália, Brasil, Japão, Turquia, etc.) mostrou que os hábitos de fumar também estão associados à disfunção erétil em homens relativamente jovens (até 50 anos de idade). ) que não apresentam (ou ainda não possuem) sinais clínicos de doença cardiovascular e apresentam, em menor grau, outros fatores de risco.

Além disso, de acordo com o estudo australiano, neste mesmo grupo de adultos jovens, a disfunção erétil ainda está sujeita a uma melhora notável com a cessação do tabagismo.

Além disso, os efeitos sobre a ereção parecem ser “dose-dependentes”, ou seja, quanto maior o consumo diário de cigarros e a duração em anos do hábito de fumar, mais grave é a disfunção.

Embora nem todos os mecanismos através dos quais os danos de fumo os vasos sanguíneos são perfeitamente conhecidos, para explicar a insuficiência ereção mesmo antes de intervir alterações vasculares de natureza aterosclerótica pode ser, de acordo com os especialistas, um mecanismo bioquímico bem conhecido.

Maca Peruana → Funciona Mesmo?

Maca Peruana → Funciona Mesmo?

Se você chegou nesta página é porque deseja saber se o Maca Peruana funciona de verdade, correto? Pois bem, tenho uma excelente notícia para você: VOCÊ ESTÁ NO LUGAR CERTO!

ADD IMG

Neste artigo vou te contar como esse santo estimulante salvou minha vida sexual. Resolvi criar este conteúdo com a intenção de te ajudar a obter informações valiosas de como combater a impotência sexual de uma vez por todas.

Por isso, que aqui eu vou falar do melhor ESTIMULANTE SEXUAL NATURAL DO MOMENTO: O Maca Peruana.

Há pouco tempo atrás eu estava passando por um momento turbulento da minha vida sexual, não conseguia transar direito e por muitas vezes eu deixei minha namorada com vontade de sexo porque não tinha vontade nenhuma transar com ela (apesar de amá-la muito). E quando isso acontecia eu sempre gozava muito rápido! Ou seja: tudo na cama era uma merda!

Quando comecei a procurar sobre o famoso Viagra li muitas coisas e em todas elas a conclusão final era a mesma: O Viagra poderia prejudicar minha saúde futuramente. E não era isso que eu queria. Foi então que eu encontrei uma matéria com a sexóloga do programa Altas Horas, Dra. Laura Muller. Caso queira você pode ver a matéria completa aqui.

A primeira pergunta que me fiz foi: “Será que esse tal de Maca Peruana funciona?”. De cara não botei muita fé e fui procurar mais sobre este produto na internet. Te conto tudo agora!

Contents [ocultar]

O que é o Maca Peruana?
Para quem é indicado o Maca Peruana?
Viagra x Maca Peruana
Vantagens do Maca Peruana
Maca Peruana funciona mesmo?
Onde comprar o Maca Peruana
Garantia
Anvisa
Privacidade
Meu relato pessoal com o Maca Peruana
O QUE É O Maca Peruana?
O Maca Peruana é um suplemento sexual 100% natural que potencializa de maneira instantânea a ereção masculina. O Maca Peruana, sucesso de vendas na Europa, chega ao Brasil enlouquecendo mulheres e homens porque:

Aumenta o libido e desejo sexual;
Trata a impotência e ejaculação precoce;
É um estimulante 100% natural;
Viagra Natural;
Não causa danos a saúde;
Vai fazer seu pau ficar duro feito uma rocha

PARA QUEM É INDICADO O Maca Peruana?
O Maca Peruana pode ser consumido tanto por homens quanto por mulheres que querem ter um libido regular e levar uma vida sexual mais ativa, sem aquelas famosas dores de cabeça na hora de ir pra cama.

Nos homens, como eu disse acima, o Maca Peruana causa ereções 3x mais longas e mais duras . O suplemento além de dar um gás na sua vida sexual, também te ajudará a perder peso, tudo isso de forma natural.

O Maca Peruana é pra você que:

Sofre com impotência, ejaculação precoce, pênis mole e pequeno;
Está cansado de sexo mais ou menos;
Quer agradar sua (seu) parceira (o) na cama;
Quer transar por mais tempo;
Quer sair da rotina;
Quer demorar mais tempo para gozar;
Precisa combater a impotência;
Quer perder peso.
VIAGRA X Maca Peruana
Se você já leu sobre Viagra sabe que ele dilata as veias do seu corpo fazendo assim seu sangue fluir livremente para seu pênis, certo? Porém quando acaba o efeito do Viagra, suas veias voltam a ficar entupidas novamente com gordura! É por isso que o efeito do Viagra dura apenas algumas horas. E tem outra, depois de algum tempo consumindo o Viagra, ele passa a não ter mais o mesmo feito, suas ereções irão durar cada vez menos.

E eu posso afirmar que isso não acontecerá com Maca Peruana pois ele oferece efeito cumulativo.

O Maca Peruana não vai só dilatar suas veias mas vai exterminar todas as gorduras acumuladas nas veias do seu pênis, fazendo com que o sangue flua livremente, te dando ereções completas! Suas veias ficarão todas limpas e isso aumentará o fluxo de sangue no seu pau, o que ajudará também no aumento dele durante sua transa.

Ou seja, suas transas nunca mais serão as mesmas, meu irmão! Além de você ter um pênis maior, vai deixar as mulheres doidinhas na cama!

E como se já não estivesse bom, o Maca Peruana aumentará seu libido. Significa que além de tudo que eu falei você ainda vai sentir VONTADE DE TRANSAR toda hora e terá ereções mais duradouras, sem aquelas broxadas ou fodas mais ou menos.

VANTAGENS DO Maca Peruana
Ainda não está totalmente convencido? Então confira abaixo mais algumas vantagens que você terá ao adquirir o Maca Peruana:

Ereções completas e naturais em 27 dias
Ereções de até 30 minutos durante o sexo contínuo
Deixa o seu pênis com efeito mais grosso de até 39,3%
Aumenta a sua vontade de fazer sexo como se você fosse adolescente novamente (tem o mesmo efeito em mulheres).
Feito apenas com ervas naturais
Como é natural, também é seguro
Possui efeito duradouro
Não deixa de fazer efeito com o tempo
Não tem risco de causar ataques cardíacos
Não tem necessidade de receita médica pois é natural
Funciona tanto para você quanto para sua parceira
As suas ereções vêm de forma natural, você não vai precisar parar as preliminares para tomar um remédio
Discreto, nem sua parceira precisa saber que você está fazendo uso do Maca Peruana
Não tem efeitos colaterais

Maca Peruana FUNCIONA MESMO?
Sim! De cara eu já posso falar que Maca Peruana funciona! Eu não sou um cara velho e mesmo assim tinha vezes que largava minha mulher com vontade porque não queria transar. Não tinha vontade! Pra mim foi tiro e queda. Já senti diferença logo nas primeiras 2 semanas e isso só foi melhorando.

O Maca Peruana funciona se tomado corretamente, o tempo de resposta de cada organismo varia de homem para homem. Tive amigos que tomaram que sentiram diferença logo de cara, e eu digo logo de cara porque precisaram de apenas 7 dias para notar os efeitos do Maca Peruana.

Já comigo isso demorou um pouquinho mais, demorei cerca de 20 dias para atingir meus melhores resultados com o Maca Peruana. Então minha dica é: tome as cápsulas como o fabricante indica, procure se alimentar melhor, tente fazer pelo menos 30 minutos de caminhada por dia e tenha paciência, o seu organismo precisa de um tempo para perceber os estímulos que está recebendo. E se você tiver em dúvida se o Maca Peruana funciona ou não, confira abaixo mais alguns depoimentos sobre o Maca Peruana:

ONDE COMPRAR O Maca Peruana
Quando comecei a procurar o produto eu vi que algumas pessoas vendiam falsificações pela internet. O Maca Peruana deve ser comprado no SITE OFICIAL do fabricante. Só assim você terá a garantia de adquirir um produto verdadeiro e que te trará resultados positivos.

GARANTIA
Tenho total certeza de que você vai amar o Maca Peruana. Mas SE POR ALGUM MOTIVO VOCÊ NÃO FICAR SATISFEITO(A) com Maca Peruana, você terá até 30 dias após a compra para devolução. Comprando pelo site oficial se você não curtir seu produto terá de volta 100% DO SEU DINHEIRO, sem burocracia. Você deve apenas entrar em contato com eles e devolver os produtos, mesmo os potes vazios, e terá de volta o valor integral do produto.

ANVISA
O Maca Peruana é aprovado pela Anvisa. Talvez você não saiba, mas é importante ficar atenta na hora que for adquirir produtos naturais e optar sempre pelos produtos aprovados em ambos os órgãos regulamentadores.A

Ao escolher comprar produtos aprovados pela Anvisa você acaba com o risco de sofrer com efeitos colaterais que prejudicam sua saúde.

PRIVACIDADE
Sei que uma das grandes preocupações das pessoas é de como vão receber seus produtos. Quando comprei o Maca Peruana fiquei receoso também. Porém recebi tudo em uma caixa muito discreta, sem nenhuma propaganda do produto. Ninguém desconfiou de nada. Comprei por 3 vezes e nunca tive problemas com a minha privacidade. Confira abaixo os potes que recebi na minha última compra.

→ COMO DEVO UTILIZAR O Maca Peruana?

Indica-se o uso de Maca Peruana duas vezes ao dia, uma cápsula do produto durante a manhã e outra cápsula à noite, antes das refeições. O recomendado é a utilização do produto de forma contínua por no mínimo 3 meses. Cada frasco contém 60 cápsulas, portanto, adquira 3 unidades (preço promocional) para o tratamento completo.

→ POSSO MELHORAR O SEXO COM O USO DA MACA PERUANA?

Sim. Pois a maca peruana atua no processo de desenvolvimento e qualidade sexual. Ela têm propriedades estimulantes que exercem contra a impotência e contribui para o crescimento da produção de sêmen. Além de reduzir a probabilidade de disfunção erétil e, consequentemente, no aumento do prazer.

→ OS BENEFÍCIOS DE Maca Peruana SÃO COMPROVADOS CIENTIFICAMENTE?

A fórmula de Maca Peruana foi desenvolvida através de estudos comprovados na eficácia da qualidade da vida sexual. A atuação do composto principal de sua fórmula garante vários benefícios a saúde. A Maca Peruana, é considerada por especialistas um “afrodisíaco natural”, que aumenta o desejo pelo sexo, a produção dos hormônios e o tempo de ereção, além de ser uma excelente fonte de energia. Maca Peruana também fortalece a imunidade e produz bem-estar

→ EXISTEM EFEITOS COLATERAIS? QUALQUER UM PODE TOMAR?

Maca Peruana tem fórmula natural e não apresenta efeitos colaterais. O produto é indicado para o público masculino. No caso de idosos, pessoas com doenças pré existentes ou que utilizam algum remédio regularmente, é necessário a consulta médica antes de começar o uso. Este produto NÃO CONTÉM GLÚTEN.

→ QUAL O PRAZO DE ENTREGA DO Maca Peruana?

Para acompanhar o seu envio clique aqui (coloque o número da sua transação que os dados serão impressos). Após a compra, o prazo para que seus dados estejam no sistema, é de até 72 horas. Caso não consiga depois desse período, entre em contato com o fabricante do produto.

MEU RELATO PESSOAL COM O Maca Peruana
Eu sempre fui um cara que gosta de experimentar. E quando fizemos o blog eu decidimos que experimentaríamos todos os tipos de suplementos de mais sucesso. Fossem eles suplementos para emagrecer, termogênicos, suplementos sexuais naturais ou quaisquer outros que estourassem no mercado brasileiro. O Maca Peruana foi um dos primeiros que experimentei e me surpreendi.

Eu tinha alguns problemas na cama e eles começaram a ficar mais chatos, então o Maca Peruana caiu como uma luva.

Primeira semana de Maca Peruana

No começo eu ainda me perguntava: “Será que o Maca Peruana funciona mesmo?”. Isso não saia da minha cabeça, eu pensava nisso o dia todo. E na primeira semana eu senti apenas uma energia maior. Eu saia para trabalhar de manhã, ia para a faculdade e ainda conseguia passar na academia para fazer um treino nos intervalos de trabalho e faculdade. Geralmente isso me deixava morto logo no começo da semana, mas com o Maca Peruana eu já me sentia com mais energia para encarar o dia, mas na cama nada mudava. Eu ainda não conseguia manter minha ereção firme e não rolou nada de sexo.

Segunda semana do Maca Peruana

Foi no final da segunda semana que o Maca Peruana mostrou seus resultados. Após uma nova tentativa eu consegui finalmente ter uma ereção forte, fazia alguns meses que isso não acontecia comigo. Sexo tinha virado um problema enorme para mim. E na segunda semana de Maca Peruana consegui gozar 2 vezes e a transa durou quase 35 minutos. Fui surpreendido, porque eu já estava descrente que o Maca Peruana ia fazer efeito em mim.

Após a segunda semana mantive os mesmos hábitos: tomar o Maca Peruana, pelo menos 30 minutos de exercícios (nem que fosse somente uma caminhada rápida), boa alimentação (cortei frituras, óleo e boa parte do açúcar). Isso me trouxe resultados de desempenho muito melhores do que eu tinha na cama.

Então eu recomendo o Maca Peruana.

Power Blue Funciona? –[Minha Experiência Pessoal]

Power Blue Funciona? –[Minha Experiência Pessoal]

Você tá aqui para saber mais coisas sobre o Power Blue, não é isso?
Antes de comprar qualquer produto eu faço exatamente isso que você está fazendo, eu procuro opiniões de outras pessoas e busco tudo quanto é informação que eu julgo importante saber.

Mas é difícil encontrar um lugar onde tem informações organizadas e bem explicadas.

Então, eu resolvi escrever este artigo para facilitar a sua vida. Então Curta.

Outro ponto para eu querer ter feito este artigo é porque eu já sofri pra caramba com problemas de disfunção erétil e ejaculação precoce — sem falar dos outros sintomas.

Então, eu sei como é ter problemas relacionados a sexo.

A gente tem a ideia errada que é achar que apenas pessoas de idade mais avançada que sofrem com problemas de desempenho sexual, mas isso é uma ideia muito equivocada.

Cada vez mais, as pessoas mais jovens estão sofrendo com esses problemas. Olha meu caso, por exemplo.

Agora, não importa a idade, mas tem um produto que consegue acabar com todos os problemas de desempenho sexual: o Power Blue.

Já no próximo tópico eu vou falar dele, então, fique comigo e me acompanhe até o final.

Power Blue funciona: O que é?
Eu já comprei e usei o produto — vou falar disso mais para frente —, mas eu também fui lá no site e entrei em contato com a empresa e pedi para eles me mandarem mais informações sobre o produto.

E vou fazer um apanhado aqui para você, ok?

Bem, o Power BLue é um produto em cápsulas feito a base de produtos totalmente naturais, que visa combater de uma vez por todas com ejaculação precoce.

Porém, ele combate vários outros problemas de saúde, como estresse e cansaço.

Ele é uma ‘Bomba de Energia e Disposição’, quando eu comecei a tomar, eu experimentei e achei o máximo essa qualidade dele.

Sendo assim, ele é como uma faca de dois gumes: combate impotência e aumenta seu vigor.

Realmente é um produto e tanto.

E agora, eu acho que vai ser um dos assuntos mais importantes aqui: vou falar da minha experiência pessoal com o produto.

Minha Experiência com o Produto
Bem, como você já deve saber, de uns tempos para cá eu comecei a sofrer com vários problemas de ereção, ejaculação precoce e pouca líbido.

Cara, não sei se você já passou por isso, mas chegar em uma mina, conseguir levar ela pra cama e na hora do ‘vamo vê’ o brinquedo falhar… Puta que pariu.

Essa poha aconteceu comigo e foi uma das maiores vergonhas que eu já passei na vida.

Foi foda viu.

Eu vi que tava com problema, então, comecei a procurar igual um doido tudo quanto é coisa que pudesse me ajudar a resolver esse problema.

Até que encontrei o Power Blue.

Vi vários depoimentos até que resolvi comprar.

Resultados Com o Power BLue
Logo após o produto chegar eu comecei a usar, eu não perdi tempo. Pelos depoimentos que eu vi, era só questão de tempo e esperar os resultados.

Eu fiquei assustado e surpreso ao mesmo tempo, pois, já no segundo dia tomando o produto, eu vi a foto da minha ex no Insta com uma camisa que deixei na casa dela — a safada não me devolveu até hoje.

Mas o fato é que eu lembrei de umas noites de sexo e lembrei dela de quatro… Enfim.

Cara, o gigante acordou na hora.

Aí eu pensei: “Hoje, sábado, dia de balada. Hoje tem”!

E não perdi tempo. Fui arrumar uma ‘voluntária’. E os resultados foram fodas demais e muito rápidos também.

Enfim, o Power BLue funciona muito bem, até hoje só vejo comentários positivos sobre ele.

Benefícios
Que o Power Blue funciona você já sabe. Mas veja abaixo alguns dos principais benefícios do produto:

Combate a Impotência Sexual;
Melhora e Aumenta do Desejo Sexual;
Combate o Envelhecimento;
É Um Produto 100% Natural e Não Causa Efeitos Negativos no Corpo;
Aumenta o Desempenho Sexual e Vigor Físico;
Ajuda a Melhorar o Desempenho Neurológico e Psicológico;
E muito mais.
Provoca Algum Efeito Colateral?
Não. O Power BLue funciona muito bem e já que é feito basicamente de produtos naturais, ele não provoca nenhum efeito colateral.

Mas se você faz contínuo de algum medicamento, consulte um nutricionista ou um médico antes de usar o produto.

Power Blue no Reclame Aqui
Se você der uma olhada na reputação do Power Blue no Reclame Aqui, você vai que o produto não tem nenhum queixa no site de reclamações.

Isso mostra que o produto é realmente muito bom e 100% confiável.

Eu já usei e achei o produto muito bom. E olha que odeio fazer jabá de produto aqui, eu só uso e falo o que eu achei dele, mas é do meu pal que estamos falando, ele me ajudou pra caramba.

Então, só tô recomendando um produto que fez uma grande diferença na minha vida.

Como Tomar?
O recomendado é tomar 2 cápsulas do Power Blue, de preferência no café da manhã.

Outra recomendação é usar o produto por pelo menos 3 meses, assim você vai conseguir resultados mais duradouros.

“Ok. Mas Onde Eu Posso Comprar ?”
E quero agradecer por ter me acompanhado até o final. Se ainda tiver qualquer dúvida, comente, vou te responder o mais rápido possível.

Bem, muita gente me mandou e-mail, mensagem no celular, etc.

Tá todo mundo querendo comprar o produto com algum desconto. Alguns querem comprar vários frascos e querem pagar um pouco menos.

Como eu já disse, a empresa disponibilizou um link exclusivo.

Basta acesse e você irá para o site oficial. Aproveite.

Vou deixá-lo logo abaixo:

Até breve e sucesso! Qual dúvida estarei aqui.